.

sábado, 16 de janeiro de 2016

LUKAS MACHACEK SS16 by The W Prague


via HOMOTOGRAPHY http://ift.tt/1RXxxX1

FARIA 100 ANOS

Centenário de Clóvis Bornay
é celebrado em mostra
Ícone do carnaval brasileiro, Clóvis Bornay completaria 100 anos em 2016 se estivesse vivo. A partir do dia 26 a exposição “Clóvis Bornay – 100 Anos” celebrará o carnavalesco no Museu da República, no Rio de Janeiro.
Farão parte da mostra fotos, documentos, troféus, croquis e três as 21 fantasias suntuosas que ele mantinha em casa desde os anos 1970. O material foi cedido pelo Museu Histórico da Cidade o Rio de Janeiro, que comprou o acervo da família de Bornay após sua morte, aos 89 anos em 2005.
“São obras de arte, ricas em pedras semipreciosas, lantejoulas, paetês e bordados. Temos túnicas, calças, cetros, capas, adereços de cabeça”, enumera Mário Chagas, coordenador técnico do Museu da República e curador da exposição, à Agência Estado.

4 INDICAÇÕES

Adele é a mais indicada
ao Brit Awards 2016
Adele, o grupo Years & Years e o cantor James Bay foram os mais indicados ao prêmio Brit Awars 2016. A cantora concorre a melhor artista solo feminina britânica, álbum do ano (“25″), single britânico (“Hello”) e vídeo britânico (“Hello”).
Years & Years, cujo vocalista, Olly Alexander é gay assumido, disputa melhor grupo britânico, revelação britânica, single e vídeo britânicos (por “King”).
James Bay foi lembrado nas categorias artista solo masculino britânico, revelação britânica, álbum britânico (“Chaos and the Calm”) e single britânico (“Hold Back the River”).
Curiosamente, mesmo morta há quase cinco anos, Amy Winehouse concorre a melhor cantora solo britânica, junto a Florence + the Machine (que não é uma cantora, mas sim uma banda), Jess Glynne e Laura Marling.
Das 11 categorias da premiação, três são para artistas internacionais. The Weeknd disputa melhor artista solo masculino junto a Justin Bieber, Drake, Kendrick Lamar e Father John Misty. Lana Del Rey concorre a melhor artista solo feminina junto a Björk, Meghan Trainor, Ariana Grande e Courtney Barnett.
U2 é o nome mais famoso da categoria melhor banda. Os vencedores serão conhecidos em 25 e fevereiro.

ELLEN MURRAY

Irlanda do Norte ganha sua
primeira candidata trans
Ellen Murray anunciou, na quinta-feira, 14, que irá concorrer a uma cadeira no Parlamento da Irlanda do Norte. Aos 22 anos, a candidata é a primeira transexual de ambas as Irlandas.
“Eu estou satisfeita e animada de colocar meu nome como candidata pelo Partido Verde na próxima eleição do Congresso”, escreveu Ellen em sua conta no Twitter.
“Existe uma clara sub-representação de muitos grupos dentro do Parlamento, incluindo mulheres, jovens e a comunidade LGBT. Vou dar voz àqueles que mais precisam.”

CRISE

Programa Rio Sem Homofobia
demite 75% dos funcionários
A crise financeira do Estado do Rio de Janeiro chegou ao Rio Sem Homofobia. O programa demitiu cerca de 75% dos funcionários – 65 dos 85 que trabalhavam nos Centros de Cidadania LGBT e no Disque Cidadania LGBT.
O motivo é porque os funcionários não recebem salários há três meses. De acordo com o telejornal Bom Dia Rio, da TV Globo, a coordenação do programa informou que o salário era pago por meio de convênio com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).
Apesar de não ter paralisado os serviços, apenas os casos emergenciais estão sendo atendidos. Atendimentos psicológicos e casos mais leves de atendimento jurídico, por exemplo, não estão sendo realizados.

GLAM GAY 2016

Adriane Galisteu será madrinha
de baile gay no Rio
Após quatro anos longe do carnaval carioca, Adriane Galisteu retorna em grande estilo. Além de desfilar na Marquês de Sapucaí apresentando a Velha Guarda no desfile da Portela, a loira será a rainha do Baile Glam Gay 2016.
O evento, organizado pelo carnavalesco Milton Cunha será realizado no dia 27 quadra da Unidos da Tijuca, no Centro do Rio. Segundo o colunista Giovani Lettiere, do Yahoo!, o promoter e apresentador David Brazil será o rei do baile.

PASSADO DO BROTHER

Laércio, do BBB 16, fez
sexo gay 'brochante'
O participante mais alternativo do “BBB 16″, Laércio Moura revelou ao site do programa que em fase de experimentações, aos 18 anos, viveu uma experiência homossexual.
“Eu já tive uma experiência ‘homo’ quando eu tinha 18 anos de idade. Foi para conhecer, mas foi uma experiência brochante”, contou o designer de tatuagens.
Aos 53 anos, o paranaense diz que já sofreu bullying. “Minha missão nessa vida é de autoconhecimento. Então, acho que tudo que está acontecendo não é uma casualidade, tem um motivo. Bati muito a cabeça, sofri bastante desde criança com bullying, tomei decisões erradas, mas, agora, eu já estou em um nível de maturidade que, isso que está acontecendo, eu vejo como uma espécie de recompensa. Aquela coisa do Karma.”

ELIMINATÓRIAS DA COPA

Fifa multa 5 países por cantos
homofóbicos da torcida
A Fifa multou cinco países por cantos homofóbicos de suas torcidas durante jogos das Eliminatórias da América do Sul para a Copa o Mundo de 2018.
A maior multa foi recebida pelo Chile. Como os casos anti-gays aconteceram em quatro jogos, a entidade puniu o país com multa de 70 mil francos (R$ cerca de R$ 275 mil).
Já nos casos de Argentina, Peru, México e Uruguai, a Fifa detectou apenas um caso de cantos homofóbicos nas eliminatórias. A multa para eles foi de 20 mil francos suíços (R$ 78 mil) cada.
“A Fifa vem combatendo a discriminação no futebol por muitos anos e uma parte do que tem sido por meio de sanções”, diz Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, em comunicado divulgado pela própria entidade.
“Com o novo sistema de monitoramento para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o Comitê Disciplinar tem apoio adicional, graças aos relatórios detalhados fornecidos por observadores antidiscriminação. Mas os procedimentos disciplinares sozinhos não podem mudar o comportamento de certos grupos de torcedores que, infelizmente, vão de encontro ao cerne dos valores de nosso jogo. A Fifa e a comunidade do futebol precisam ser proativas para educar e inspirar uma mensagem de igualdade e respeito em todos os níveis de nosso jogo”, completou.
Quem também poderá sofrer sanção da Fifa é a seleção de Honduras. Um processo por cantos homofóbicos também foi aberto contra a federação, mas a defesa ainda está em andamento.

BDAY PARTY

Festa WoW Project comemora
5 anos com drags internacionais
Anunciadas as próximas atrações internacionais que passam por Brasília em fevereiro: Tatianna e Yara Sofia. As drag queens, conhecidas mundialmente por participarem de Rupaul’s Drag Race, passam pela Victoria Haus no dia 5 do próximo mês, abrindo os trabalhos de carnaval na boate LGBT.
A festa responsável pelo projeto é a WoW Project, queridinha das quartas que já trouxe nomes como Laganja Estranja, Gia Gunn, Bible Girl e Katya Zamolodchikova para o palco da casa. O projeto comemora cinco anos de sucesso na noite do DF e conta ainda com performances locais e de outros estados em seu line-up.
Também escaladas para o show, estão as performers paulistanas Samantha Banks e Poppy Moore, que já passaram pela festa em outras edições. A noite promete mais de 15 performances, todas inspiradas em musicais dos palcos e cinema, de Chicago até Nine, passando por Cats e Wicked.

'NÃO FOI RUIM'

Ronan, do BBB 16, diz
que já beijou homem
A sexualidade dos participantes da nova edição do “Big Brother Brasil” já está na boca do povo antes do programa começar. Ao site do programa, Ronan disse que já beijou um homem e amigos do brother dizem que foi mais de um.
“Pediram para eu beijar um cara. Eu fiquei: ‘Ah, não… Isso não, isso não’. Mas eu fui lá e a gente se beijou”, revelou o curitibano.
Ronan destacou que aceitou a brincadeira para colocar à prova sua sexualidade. “Na época de faculdade eu fiquei me questionando várias vezes: a gente nasce hétero ou gay? Como é que é isso?”.
Apesar da experiência, o novo brother garantiu que não se sente atraído por homens. “Não foi ruim [o beijo], mas não foi nada bom. Eu não senti as estrelas, aquelas coisas estourando ao redor como quando é com uma garota”, disse.
Contudo, alguns amigos do estudante de Filosofia garantiram que este não foi o único beijo que Ronan deu em outra pessoa do mesmo sexo. “A galera diz que um dia quando bebi um pouco a mais, eu beijei um outro cara, mas isso não dá para confiar.”

EM DEZEMBRO

Canal americano montará versão
ao vivo do musical 'Hairspray'
Clássico musical a respeito de tolerância e respeito à diversidade, “Hairspray” ganhará uma versão ao vivo no canal norte-americano NBC.
A emissora anunciou, na quarta-feira, 13, que o especial irá ao ar em um feriado de dezembro de 2016 e será produzido pela dupla Craig Zadan e Neil Meron, responsáveis por outros três especiais ao vivo do canal, dentre eles “A Noviça Rebelde”.
“Esse título parece muito divertido e vai ser ótimo ao vivo”, disse a emissora. John Travolta está cotado para viver a mãe da protagonista, que já fez no filme de 2007. Na versão anterior, no longa de John Waters, em 1988, o papel foi interpretado pela drag queen Divine.

TopSuperDivo Raynniere

Google+