.

terça-feira, 25 de março de 2014

GAY WOMEN CHANNEL

Canal pede que 15 homofóbicos
abracem gays que nunca viram
O canal do YouTube The Gay Women Channel resolveu fazer um experimento. Ele pediu que 15 pessoas que se consideravam homofóbicas abraçasse homossexuais que elas nunca viram antes.
A situação gera momentos tocantes, mas também bastante desconfortáveis. É ao mesmo tempo engraçado e perturbador assistir a como seres humanos têm receio de se aproximar fisicamente de outros por causa de dogmas e preconceitos.
A experiência foi baseada no badalado vídeo chamado “First Kiss”,  divulgado há duas semanas, que incitava duas pessoas desconhecidas a se beijarem.

BIBETES X MUSAS

TV paraense apresenta seu 1º
reality show gay, "Bibas"
Sai Paulo Ricardo e entram Weather Girls. O hit das reconchudas, “It’s Raining Men”, de 1983, é o tema de “Bibas”, primeiro reality show gay da TV paraense.
Transmitido aos domingos pela RBA, retransmissora da Band, o program divide os participantes nos grupos Bibetes e Musas. A primeira edição foi quase toda tomada pela prova “Torta na Cara”, uma reedição de quadro antigo dos anos 1990 do programa “Passa ou Repassa”, do SBT.
Já nas edições seguintes, as provas eliminatórias são uma sessão de fotos num lava-rápido e um jogo de futebol. Quem recebe mais votos e é eliminado vai para onde? O armário.

CQC

Silvetty ferve ao lado de
Oscar Filho no 'Proteste Já'
Quadro polêmico do CQC, o Proteste Já costuma ir atrás de políticos para os pressionarem sobre compras indevidas pelas prefeituras, atas suspeitas e nepotismo. Para investigar uma compra gigantesca e supostamente superfaturada pela prefeitura de Amparo (SP), o repórter Oscar Filho escolheu a pessoa certa: SIlvetty Montilla.
Pelas ruas da cidade e pela sede da prefeitura, Silvetty e Oscar – semimontado de drag – foram inquirir as pessoas sobre os valores que o governo publicou no Diário Oficial da cidade a respeito de material escolar. O mais surpreendente são os 875kg de glitter!! Confira:

PODE SER PRESO!

Feliciano será investigado por
crime de preconceito de religião
Depois de sair impune por tantas barbaridades que cometeu ou anuiu enquanto presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias em 2013, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) será investigado por crime de preconceito de religião.
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, autorizou abertura de inquérito para apurar se o pastor cometeu crime quando disse frases como “o sepultamento dos pais de santo” e o “fechamento de terreiros de macumba”.
“Conforme requerido pelo procurador-geral da República, encaminhem-se os autos à Corregedoria da Polícia Federal para a oitiva do parlamentar no prazo de 30 dias”, disse o ministro.
Como tem foro privilegiado, Feliciano só pode ser investigado em inquérito comandado pela Procuradoria Geral da República e autorizado pelo Supremo, que é o que ocorreu.
Segundo o pedido de abertura de inquérito feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, um vídeo disponível no YouTube mostra o deputado afirmando: “Eu profetizo a falência do reino das trevas! Profetizo o sepultamento dos pais de santo! Profetizo o fechamento de terreiros de macumba! Profetizo a glória do senhor na terra!”
Segundo o portal G1, para Janot, houve o cometimento do crime previsto no artigo 20 da lei do racismo, que criminaliza “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. A punição prevista é de um a três anos de prisão e multa.

E O WALCYR?

Rainer Cadete está pegando deputado
de Brasília, diz colunista
Intérprete do advogado Rafael em “Amor à Vida”, Rainer Cadete parece estar se divertindo em Brasília, sua cidade natal.
Segundo a colunista Fabíola Reipert, do portal R7, o ator está “pegando” um deputado do DF. O problema é que ele namoraria o autor Walcyr Carrasco.
A colunista deixou nas entrelinhas, sem dar nome aos bois. Mas deu as indicações dizendo que o ator era o que “namorava uma menina especial” na novela.
Em janeiro, antes da trama terminar, Walcyr levou Rainer à ilha de Caras e eles já foram vistos fazendo compras juntos. É claro que pode não existir traição aqui. O romance pode ter terminado e a fila ter andado.

DEFESA

CNJ faz campanha sobre obrigação de
cartórios realizarem uniões gays
O Conselho Nacional de Justiça divulgou, em sua página no Facebook, um alerta para a obrigação que todos os cartórios brasileiros têm de realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo.
“Os cartórios de todo o País não podem se recusar a celebrar casamentos civis entre casais do mesmo sexo ou deixar de converter união estável homoafetiva em casamento, sob pena de serem acionados judicialmente”, diz a mensagem.
Na prática, infelizmente, não tem sido tão simples. Juízes de várias cidades brasileiras – como a super gay Florianópolis – não autorizam o casamento homo e casais precisam recorrer a instâncias superiores.

TYLER GLENN

Vocalista do Neon Trees
se declara homossexual
Tyler Glenn, vocalista e tecladista da banda de rock Neon Trees, saiu do armário na edição da revista norte-americana “Rolling Stone”, que chega às bancas lá fora na sexta-feira, 28.
“Eu sempre me senti como se eu fosse um livro aberto, e obviamente eu não era completamente”, disse à publicação.
Curiosamente, o cantor do hit “Everybody Talks” (top 10 da Billboard em 2011), pertence à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ou seja, é mórmon. Mas ele revela que só percebeu diferença em ser religioso há poucos anos.
“Nós sempre fomos ensinados – e eu odeio essa palavra – sobre ‘tolerância’.  A única vez que me senti diferente foi quando a coisa da Proposição 8 (proibição do casamento gay na Califórnia) rolou”, disse Tyler sobre a postura da igreja a respeito da homossexualidade.
Ele conta que começou a sair do armário em outubro, mas sabia de sua orientação sexual desde criança. “Eu tive minhas paixões por caras por todo o ensino médio, mas nunca foi uma coisa avassaladora até meus vinte anos”.

"ISSO É AFETO"

Fabíula Nascimento: Beijo gay
deve ser olhado com naturalidade
“Acho que as pessoas tinham de olhar isso com mais naturalidade”, disse Fabíula Nascimento sobre beijo gay. A atriz, que dá um beijo em Thalita Carauta na comédia “SOS – Mulheres ao Mar”, já havia dito que gravaram a cena mais de 20 vezes.
“Pode ter a quantidade de beijo que tiver. Eu, pelo menos, não vejo problema nenhum nisso. Acho que cada vez mais a gente tem que aceitar a sociedade do jeito que está. Acho que ninguém pode ser contra o amor. Isso é afeto”, reiterou a atriz em entrevista ao portal G1.
Thalita sugere que quanto menos alarde se fizer em torno dos beijos homos, seria o ideal. “Quanto menos tratar do assunto, sem preconceito, acho que é melhor. Até em novela, quando tem, fala-se do preconceito. Por que não colocar um casal gay se beijando sem citar isso. Seria muito mais coerente”, questiona.

DESABAFO

Marido de Clara, do BBB 14,
diz que cansou da mulher
Depois de torcer pela esposa Clara – e inclusive incentivar seu romance com Vanessa dentro da casa do BBB 14 – Fabian Aguilar parece não estar aguentando a pressão de ver a mulher com outra pessoa no reality.
“Cansado de toda esta m****”, disse o francês em sua conta no Twitter. Em outro post, condenou uma suposta fala de Clara: “‘Se eu soubesse que ia ser assim, nem me casava’” AGORA CHEGA CLARA!!”, desabafou, criando polêmica na rede social. A stripper é a única que não enfrentou nenhum paredão e o programa está a uma semana de terminar.

BIOGRAFIA

Vida de Laerte será contada
em história em quadrinhos
Todos já sabem que Laerte assumiu sua identidade feminina há alguns anos. Agora, uma das maiores quadrinistas do País pretende contar sua história em uma biografia na arte em que é mestre: história em quadrinhos.
“Estou tentando me entender como artista gráfica. Ver aonde meu traço está indo e fazer um novo quadrinho, que vai ser bem complicado. Uma narrativa razoavelmente biográfica, abordando a minha juventude e maturidade. Resumindo dos anos 70 para cá, o que aconteceu comigo e com o Brasil”, contou Laerte ao iGay.
A obra ainda não tem data para estar pronta. Até lá, a obra de Laerte – que já foi roteirista de diversos programas da Globo, como “Fantástico” e “TV Pirata” – pode ser conferida diariamente no jornal Folha de S.Paulo.


HBO

Histórias cotidianas e sensibilidade
marcam série gay 'Looking'
Desde sua estreia em janeiro, a série “Looking”, transmitida pela HBO, vem acumulando elogios e fãs. É verdade que a grande expectativa da comunidade LGBT fez com que a história de três amigos e sua busca pelo amor em São Francisco tivesse uma ótima repercussão na mídia e na internet.
Dirigida por nomes de peso como Andrew Haigh (“Gladiador”), “Looking” garantiu mais uma temporada nas telinhas. A HBO renovou o contrato para mais oito episódios em 2015. Enquanto isso, para quem ainda não assistiu, é possível ver na TV a reprise de todos os capítulos, aos sábados às 20h e à 0h50 e às terças-feiras às 22h30.
Os protagonistas Frankie J. Alvarez (Augustin), Jonathan Groff (Patrick) e Murray Bartlett (Dom) são sinceros em seus diálogos sobre a química perfeita, ansiedade, HIV e inúmeros questionamentos do mundo gay. As cenas de sexo entre os personagens são bem marcadas por sensualidade e realismo, além de destacar muita sensibilidade na abordagem.
Para quem cansou de ver somente rostinhos bonitos e jovens garotos brancos, a série se diferencia por apresentar um quarentão enxuto, um latino, um negro e grande elenco de apoio diversificado, incluindo uma amiga heterossexual que não trata o amigo gay como “a amiga”.
Temas relevantes como desemprego, busca por um futuro promissor e a preocupação com dinheiro – em oposição aos rótulos onde os gays são retratados como esbanjadores, fúteis e consumistas ao extremo – são promessas de ver na tela histórias cotidianas de homens interessantes e reais.

CELEBRAÇÃO

Gilberto Braga e marido se
casam após 41 anos juntos
“Faz parte do meu show”, de Cazuza, sucesso de 1988 da trilha sonora de “Vale Tudo”, de autoria de Gilberto Braga, foi a canção escolhida pelo escritor e seu marido, o arquiteto Edgar Moura Brasil, para os dois entrarem na cerimônia que oficializou sua união.
Gilberto e Edgar estão juntos há 41 anos, mas no final de semana, casaram-se na presença de cerca de 70 convidados no apartamento onde moram, no Arpoador, zona sul carioca.
Fernanda Montenegro, Glória Pires, Silvio de Abreu, Deborah Evelyn, Dennis Carvalho e o casal André Ramos e Bruno Chateaubriand foram alguns dos que assistiram à cerimônia, celebrada pela juíza Maria Vitória Riera.
Glória e Deborah, aliás, serão as protagonistas e vilãs da próxima novela de Gilberto que estreia no começo de 2015, cujo título provisório é “Três Mulheres”. A mocinha será vivida por Camila Pitanga. Já Fernanda Montenegro deve interpretar um casal lésbico com Nathália Timberg.

'G.U.Y.'

Após 7 meses, Lady Gaga
lança 2º vídeo de 'ARTPOP'
Lady Gaga é a artista atual que mais tem prazer em fazer videoclipes. Assim como Madonna e Bjork nos anos 1990, a cantora gosta de looks arrojados, cenários cinematográficos e é nítido que se diverte em contribuir para a história da música pop com pequenas pérolas visuais. Mas essa diversão demorou um pouco demais dessa vez.
Foram sete meses entre “Applause”, o primeiro clipe de “Artpop”, e o novo “G.U.Y”, que a norte-americana lançou no sábado, 22, durante o programa “Dateline”, do canal NBC.
Demorou tanto que a cantora resolveu juntar quatro canções no mesmo vídeo, com duração de 11’46”! “G.U.Y”, uma das melhores faixas do álbum, ocupa a parte central dessa espécie de curta-metragem.
Ao contrário da economia de cenários de “Applause”, o novo clipe vem com vários deles, bailarinos muito sexy (ela consegue sempre surpreender nisso) e uma coreografia hesitante.
À introdução são reservadas outras duas faixas dentre as favoritas dos fãs, “Artpop” e “Venus”, onde Gaga inicia uma história que parece ficar sem conexão com o vídeo de “G.U.Y.”. Tudo filmado no Hearst Castle, mansão construída pelo magnata da comunicação, William Randolph Hearst, no século passado, e hoje propriedade do Estado da Califórnia.
“Manicure” recebe os créditos – bem longos – que acentua o caráter cinematográfico pretendido pela cantora. No final, não fica à altura de um “Telephone” ou “Bad Romance”, mas é sempre interessante ver uma artista que não liga o piloto automático na hora de transformar suas canções em vídeos. E, para não perder o costume, há uma referência a Madonna. Assista e descubra:

EUA

Juiz declara inconstitucional proibição
de união gay em Michigan
O juiz distrital Bernard Friedman declarou, na sexta-feira, 21, inconstitucional a proibição do casamento gay no Estado de Michigan, nos Estados Unidos.
Em seu parecer escrito sobre o caso,o juiz afirmou que “na tentativa de definir este caso como um desafio à ‘ vontade do povo’, defensores do Estado perderam de vista o que neste caso realmente interessa: as pessoas”.
O caso foi movido pelo casal Hazel Park abril DeBoer e Jayne Rowse, que alegou que a proibição viola a garantia federal do devido processo na 14 ª emenda à Constituição.
As enfermeiras inicialmente processaram para ter a guarda conjunta de seus filhos adotivos, mas, em seguida, expandiram o caso para envolver a proibição do casamento.

JÁ VÃO TARDE!

Igreja que prega o ódio a gays pode
fechar após morte do fundador
A Igreja Batista de Westboro corre risco de fechar após a morte de seu fundador, Fred Phelps, na quarta-feira, 19. Esse é o (ótimo) prognóstico de especialistas, que não acreditam que congregação sobreviva sem o seu líder.
“Não está claro se essa chamada igreja vai sobreviver à morte de seu fundador. De certa forma, foi um culto de personalidade”, disse Mark Potok da entidade que luta pelos direitos civis, Southern Poverty Law Center, e acompanha de perto o grupo.
Segundo ex-membros da igreja, várias pessoas deixaram a Westboro nas últimas semanas e há, hoje, praticamente apenas membros da família Phelps na congregação.
“Quando você construir um grupo muito em torno da personalidade e da política de um único líder, às vezes é difícil manter esse grupo vivo quando o líder morre”, disse Potok, que compara a Igreja Batista de Westboro com grupos neonazistas que findaram após a morte de seus líderes.
A Igreja foi fundada por Phelps em 1955, em Kansas, nos Estados Unidos, e pregava o ódio aos quatro ventos. Eles frequentavam enterros de jovens gays que suicidaram por causa do byllying ou vítimas de crimes homofóbicos com cartazes dizendo “Deus odeia os viados”. Já vão tarde!

GRACE AND FRANKIE

Jane Fonda e Lily Tomlin serão
ex-rivais trocadas por maridos gays
Mais de 30 anos depois de se aliarem para aterrorizar a vida de um homem (no longa “Como Eliminar Seu Chefe”, de 1980), Jane Fonda e Lily Tomlin voltam a se reunir na série “Grace & Frankie” que estreia em 2015.
Na sitcom, as atrizes viverão duas ex-rivais que voltam a ser amigas depois que o ex-maridos de ambas as trocam porque se descobrem apaixonados um pelo outro.
A série será produzida pela Skydance Productions, roteirizada por Marta Kauffman, de “Friends” e vai ao ar pelo Netflix, serviço de vídeo por demanda.

SERIA HISTÓRICO

Jared Leto quase foi ao
Oscar vestido de mulher
O intérprete da transexual Rayon de “Clube de Compras Dallas” quase foi ao Oscar vestido como sua personagem.
Jared Leto contou ao jornal London Evening Standart que cogitou ir à premiação como Rayon, “porque ela teria gostado de estar lá”.
O ator, que faturou o prêmio de melhor ator coadjuvante em 2014 disse o que mais relevante do prêmio é ficar em frente a um bilhão de pessoas e por dois minutos e “dizer algo significativo, importante para você”.
Bom, quanto a isso Jared não precisa se preocupar. Em seu discurso, um dos melhores da noite, ele elogiou a mãe, os amigos, protestou contra a situação financeira da Venezuela e dedicou à estatueta aos homossexuais.
O bonitão disse que o prêmio era para os “36 milhões de pessoas lá fora que perderam a batalha para a aids. Para aqueles que sentiram injustiça por causa de quem vocês amam e quem vocês são, eu estou aqui com vocês e por vocês esta noite”.

BBB 14

Participantes têm aula sobre
HIV após falarem bobagens
Os confinados na casa do “BBB 14″ receberam, na quinta-feira, 20, a visita de uma infectologista que os esclareceu sobre HIV e aids. Rosana Richtmann deixou claro que portadores do vírus levam uma vida normal.
“Como eu falei para vocês, a cura a gente ainda não tem, mas o controle da doença a gente tem”. A aula foi uma atitude que a TV Globo encontrou após ser pressionada por entidades que exigiam uma retratação da emissora pela forma desumana que os soropositivos foram tratados pelos participantes.
Durante conversa sobre o assunto, na sexta-feira, 14, Cássio disse: “O que o governo gasta com remédios para os portadores de aids, se ele gastasse apenas três vezes mais, em 40 anos acabaria a aids no mundo. Porque daria remédio para todas as pessoas. Quem já tem, geralmente não dura mais de 40 anos, falecem, e a aids acaba”, disse o gaúcho, equivocado.
Angela, então, saiu com uma frase ainda mais nociva logo depois: “Vamos matar todo mundo”. E reclamou que “um idiota foi transar com um macaco”.
No final da aula de quinta, quando os brothers se perguntavam o porquê da visita da médica, a advogada se fez de desentendida. “Será que a gente falou besteira?”, perguntou.

VIC HAUS

Festa FUN encerra trilogia
dos 10 anos em Brasília
A data é tão especial que os 10 anos da festa FUN estão sendo comemorados não com uma, mas com três festas em três capitais! A trilogia, que começou em Goiânia, em 18 de janeiro, e seguiu em Belo Horizonte, em 22 fevereiro, se encerra neste sábado, 22, em Brasília, na Victoria Haus.
O clima da festa é chique e tem estilo que remete a Luis XV e a corte francesa. A cenografia é composta por um dossel – aquela cobertura de tecido que ficava em cima dos tronos e leitos de reis e rainhas – que vai pairar sobre a pista acolhendo o público.
Na segunda etapa da festa acontece o “momento nostalgia”. Os 10 figurinos mais “baFUNicos” da FUN nesta primeira década e serão apresentados ao público numa exposição viva. Alguns dos temas são “Future”, “Army”, “Água”, “Pride”, “CinemaFUN”, “Sexo”, “Premium”, “Tel Aviv Gay Vibe”, “Love” e “White FUN”.
O comando da pista ficará com André Queiroz, Costta, Hugo Lima e Liza Rodrigues (residentes da FUN on Tour). A ferveção começa às 22h30. Confiram os valores dos ingressos em nossa Agenda.
WHITE FUN 10 ANOS – COMO VOCÊ NUNCA VIU
Figurinos: Pablo Gomes
Fotos da campanha: Netto Galvão
Peruca: Perucas Finas – Wellington Fontinelle
Maquiagem: Pablo Gomes
Design: Anselmo Leite
Penteados: Marcos Meirelles
Acessórios: Wandera Jones
Modelos das fotos da campanha: Debora Von Jakitish (rainha FUN), Leona Luna (mucama), Vinícius Cirqueira (Conde) e Edson Moreira (Duque), Ford Models Goiânia.
Produção geral: Fernando Toledo e André Manoel
Agradecimentos: Vic Team, Victoria Haus e Vualá.

SOS: MULHERES AO MAR

Fabíula Nascimento diz que ensaiou
beijo lésbico mais de 20 vezes
Fabíula Nascimento comentou sobre o suposto casal lésbico que ela interpreta com Thalita Carauta no longa “SOS: Mulheres ao Mar”, que estreou na quinta-feira, 20, em todo o País.
Na comédia, que também conta com Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini no elenco, Fabíula e Thalita precisam dar um beijo para sustentar uma mentira.
“Foi parceria! A Talita, pô, é gênia! Eu amo! Quando a gente leu o roteiro, já se divertia com isso. Já era nosso comentário: ‘vamos se pegar no filme’. Vou te pegar! Meu maior beijo vai ser em você no navio!’, disse Fabíula ao portal Terra. “E é isso, a gente se divertiu. Gravamos, sei lá, uns 30, 20 beijos”, completou.

TopSuperDivo Raynniere

Google+